Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
Início envolve-te CARLOS DE OLIVEIRA

185 EMVOZALTA 2020 copy copy

 

 

 

 

 

 JORGE SILVA MELO APRESENTA CICLO CARLOS DE OLIVEIRA

 

 

 

Carlos de Oliveira

Todos os sábados de 20 de junho a 18 julho

 

CARLOS DE OLIVEIRA (1921-1981) Frequentou a Universidade de Coimbra nos anos 40 do séc. XX e é precisamente neste período que despertou para a escrita, no seio do movimento neorrealista, tendo publicado Turismo, o primeiro livro de poemas e Casa na Duna, o primeiro romance. Em 1953 publica Uma Abelha na Chuva, mais tarde adaptado ao cinema, considerada uma das obras mais importantes da literatura portuguesa do séc. XX. O livro de poemas Cantata marcou a evolução da sua obra poética, mencionada, posteriormente, entre a poesia contemporânea de referência. Publicou em 1978 a obra Finisterra, renovadora do romance português. 

 

 

 

 

Mudam-se os Tempos, Mudam-se as Vontades (Luis de Camões) | Catarina Wallenstein
Cabelos Brancos (Afonso Duarte) | João Meireles

 

 

Cantiga do Ódio (Carlos de Oliveira) | Lia Gama
Acusam-me de Mágoa e Desalento (Carlos de Oliveira) | Jorge Silva Melo

 

 

Soneto da Chuva (Carlos de Oliveira) | Luís Lucas

 

 

Evolução (Antero de Quental) | Catarina Wallenstein

 

 

 

 

Sonetos do Regresso (Carlos de Oliveira) | Jorge Silva Melo

Leitura (Carlos de Oliveira) | Luís Lucas

 

 

 

Infância (Carlos de Oliveira) | Maria João Luís

Tempo (Carlos de Oliveira) | João Meireles

 

 

 

Barco e Ramo (Gastão Cruz) | Luís Lucas

 

 

 

Sobre o Lado Esquerdo (Carlos de Oliveira) | Lia Gama

 

 

 

Carta a Ângela (Carlos de Oliveira) | Jorge Silva Melo

 

 

 

1 de Julho de 81: morte do Carlos de Oliveira (Mário Dionísio) | Jorge Silva Melo

 

x  x  x

 

CATARINA WALLENSTEIN


Trabalhou com José Nascimento, Gael Morel, Manoel de Oliveira, João Botelho, Artur Araújo, Rúben Alves. Nos Artistas Unidos participou em Não se Brinca com o Amor de Alfred de Musset (2011-12), A Estalajadeira, de Carlo Goldoni (2013), Gata em Telhado de Zinco Quente de Tennessee Williams (2014) e Doce Pássaro da Juventude de Tennessee Williams (2015).

 

JOÃO MEIRELES


Tem o curso do IFICT (1992). Trabalhou com Luís Varela, Manuel Borralho, Ávila Costa, Adolfo Gutkin, Aldona Skiba-Lickel, José António Pires, o Pogo Teatro e o Teatro Bruto. Integra os Artistas Unidos desde 1995, onde participou, mais recentemente, em Gata em Telhado de Zinco Quente de Tennessee Williams (2014), As Histórias do Senhor Keuner de Bertolt Brecht (2015) e Jogadores de Pau Miró (2016).

 

JORGE SILVA MELO


Estudou na FLUL e na London Film School. Estagiou com Giorgio Strehler em Milão e com Peter Stein em Berlin. Fundou o Teatro da Cornucópia em 1973. Fundou em 1995 os Artistas Unidos de que é diretor artístico.

 

LIA GAMA


Estudou na Escola René Simon em Paris. Trabalhou no Teatro Estúdio de Lisboa, no Teatro Experimental de Cascais, na Casa da Comédia, no Teatro da Cornucópia, no TNDMII, entre outros, em peças de Gorki, J. Jourdheuil, Horvath, Jorge Silva Melo, Benjamino Joppolo, Ricardo Pais, Pirandello, Harold Pinter, Joe Orton, Bertolt Brecht, Jean Anouilh, Ustinov, Y. Jamiacque, Racine, G. Lobato,Natália Correia, Genet, Gombrowicz, Shakespeare, Santareno e P. Shaeffer, etc.

 

LUÍS LUCAS


Estreou-se em 1972 no Teatro da Comuna de que foi um dos membros fundadores. Em França estagiou no Théatre du Soleil e foi assistente de Jean Jourdheuil e Patrice Chéreau. Tem desde então trabalhado com o Teatro da Cornucópia, Osório Mateus, Teatro da Graça, Teatro Nacional D.Maria II e muito frequentemente no cinema com realizadores como João Botelho, José Álvaro Morais, Manoel de Oliveira, Solveig Nordlund, Jorge Silva Melo e Eduardo Geada.

 

MARIA JOÃO LUÍS


Estreou-se em 1985 n'A BARRACA. Trabalhou na Casa da Comédia, Acarte, Malaposta, Comuna, Cornucópia, TNDMII, Teatro do Bairro, TNSJ. Dirige atualmente o Teatro da Terra, sediado em Ponte de Sor. Interpretou várias peças na televisão, assim como séries e novelas. Nos Artistas Unidos participou recentemente em Doce Pássaro da Juventude (2015) e A Noite da Iguana de Tennessee Williams (2017).

 



 

 

Agenda

<<  Agosto 2020  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
       1  2
  3  4  5  6  7  8  9
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31