Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
Início envolve-te TIAGO CASANOVA
755 TIAGO
 
 
» Sala do Piso 0

TIAGO CASANOVA - Teste à Capacidade Mnemónica da Fotografia

17 de maio a 28 de julho

 

A imagem fotográfica, desde a sua descoberta, tem sido sempre um suporte utilizado para a gravação e documentação de memórias pessoais e de família, mas num momento em que todos nós temos acesso facilitado a uma máquina fotográfica, produzindo diariamente centenas senão milhares de imagens do nosso dia-a-dia, interessou-me entender o processo mnemónico da visualização da imagem fotográfica assim como a nossa relação com todas estas memórias armazenadas.

Interessa-me entender, como disse Emília Tavares, o papel e o valor do corpus de imagens que no seu estado material permanecem em negativo e num estado de hibernação do visível. Importa perceber se as imagens esquecidas nos nossos arquivos, incluindo as imagens estragadas, têm valor nessa tal função documental da fotografia, e por conseguinte, se têm interesse para a construção da nossa identidade.

 

Para colocar em prática uma utópica resposta a esta questão, proponho em modo de experimentação performativa e pessoal, um projecto baseado na utilização de três suportes analógicos diferentes: Fotografia de película (Médio Formato); Fotografia Instantânea (Polaroid) e Vídeo (Projecção Video 8 mm), com o intuito de explorar os três modos com os quais nos podemos relacionar com Memória / Arquivo: o Destruir; o Encontrar; e o Construir.

 

 750 Still Video 02

 Série 1

"Destruir / Perder / Extinguir", 2012
Javea 1977, 2012
Projeção de filme Super 8, transferido para vídeo, c. 30h, 7 bobinas, numeradas de 1 a 10 (números 3, 4 e 6 desaparecidos)
Instalação: dimensões variáveis

 

 

750 CasanovaT.05B

Série 2 "Encontrar / Procurar / Recuperar", 2011-12

Sem título (Mar Mediterrâneo) Nice, 2011-12
Negativos médio formato, danificados, provas a jacto de tinta, impressas em papel fine art, 100% algodão. Emolduradas em sucupira e carvalho maciço, com vidro museu.
(1x) 165,5 x 122 cm; (4x) 37 x 26 cm

 

 750 Bes Diário 003

Série 3
"Construir / Preservar / Proteger", 2012
Diário de viagem / Fotografia instantânea, 2012
Polaroides

 

 


 

Tiago Casanova (Madeira, 1988) Vive e trabalha no Porto e em Lisboa, tem formação superior em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universida do Porto (FAUP), onde fundou em 2010 a Scopio Magazine. Em 2013 fundou a livraria e editora XYZ Books, e em 2014 A ILHA (Galeria e Espaço Cultural), e tem exposto o seu trabalho em exposições individuais e colectivas desde 2005. Participou em 2011 na Residência "European Borderlines", em 2012 foi um dos vencedores do Prémio BES Revelação, ano em que recebeu também uma Menção Honrosa nos Novos Talentos Fnac Fotografia, em 2014 o seu trabalho recebeu uma menção entre os melhores trabalhos no Plat(t)form - Fotomuseum Winterthur e em 2015 recebeu o prémio especial do júri no Festival A 3 Bandas, em Madrid. É representado pela Galeria Carlos Carvalho (Lisboa).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agenda

<<  Setembro 2019  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
        1
  2  3  4  5  6  7  8
  9101112131415
16171819202122
23242526272829
30