Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks
Incio Outros Percursos CONVERSAS DA REPBLICA - TELEVISO

 

 

 

Conversas da Repblica TELEVISO 707x1000

 

 

 

 

 

 

 

PROJECO baLSEMO 750x422

 

Francisco Pinto Balsemo nasceu em Lisboa, no primeiro dia de Setembro de 1937, onde viveu na Rua Ribeiro Sanches Lapa, n 63, com a me, Maria Adelaide Van Zeller de Castro Pereira, nascida em Sintra, e com o pai, Henrique Patrcio Pinto Balsemo, nascido na Guarda.

atualmente um bem-sucedido empresrio na rea da Comunicao Social, e raros so certamente os portugueses que o no conhecem ou no reconhecem o seu percurso nico como cidado, como poltico ativo, como empresrio, como jornalista e como homem de cultura.

Fez o ensino primrio em casa e o exame da 4 classe na Escola Primria n 22, Rua dos Machadinhos, tendo concludo os estudos secundrios no liceu Pedro Nunes. Frequentou o 1 e 2 anos do Curso de Direito no Campo de Santana e os 3, 4 e 5 anos e Curso Complementar de Cincias Poltico-Econmicas (tambm conhecido por 6 ano) na Cidade Universitria.

Em 1961 Francisco Pinto Balsemo comeou a interessar-se pelo Jornalismo, tendo sido Chefe de Redaco da revista Mais Alto, da Fora Area Portuguesa, comeando a colaborar pouco depois no Dirio Popular, cujo Conselho de Administrao integrou.

Nos ltimos anos do Estado Novo, logo a seguir s eleies legislativas de 1969, inicia um slido trajeto poltico, na oposio ao Estado Novo, integrando a ala liberal da Assembleia Nacional ao lado de S Carneiro, Mota Amaral, Miller Guerra, Pedro Pinto Leite e Magalhes Mota. Desafia o conformismo dominante, visita presos polticos em Caxias e exige a defesa do respeito pelos direitos bsicos, propondo igualmente uma nova lei de imprensa e a abolio da Censura.

No ano de 1973 Francisco Pinto Balsemo funda o EXPRESSO, que se torna um xito imediato, apesar da impiedosa censura.

Vive, com sentida alegria, a revoluo de 25 de Abril, tendo sido dez dias depois, em 6 de Maio de 1974. que funda o PPD Partido Popular Democrtico, com S Carneiro e Magalhes Mota.

Segue-se a luta pela implantao de uma sociedade verdadeiramente democrtica a nvel econmico, social e cultural.
Em 1975 eleito deputado. E com a vitria da Aliana Democrtica AD, exerce o cargo de Ministro de Estado Adjunto do 1 Ministro

Na sequncia da tragdia de Camarate, em 4 de Dezembro de 1980, torna-se Primeiro-ministro de Portugal, liderando os 7 e 8 Governos Constitucionais.
Em 1982 a Assembleia da Repblica lana mos 1 reviso da Constituio Portuguesa de 1976. criado o Tribunal Constitucional, d-se incio flexibilizao do sistema econmico e extinto o Conselho da Revoluo.

Pinto Balsemo conclui as negociaes que permitiriam a adeso de Portugal ento CEE, inicia o processo de normalizao das relaes com as ex-colnias e lana projetos estruturantes, como o da navegabilidade do rio Douro, deixando ainda construdas as bases da abertura de sectores da Economia iniciativa privada.

Depois da liderana do Governo e do prprio Partido Social Democrata, porventura por considerar cumprido o seu envolvimento na poltica ativa, Francisco Pinto Balsemo dedica-se vida empresarial, que abraou com igual xito e invulgar sentido de modernidade, tendo sido o corajoso criador do 1 canal privado de televiso em Portugal, que comeou a emitir diariamente em 6 de Outubro de 1992.

Francisco Pinto Balsemo, um social-democrata convicto, que o Partido convida para presidir comisso que coordenou a comemorao dos 40 anos de Democracia, em 2014, e os 40 anos de PSD.

Um homem de extraordinria integridade e um lder por natureza, Francisco Pinto Balsemo enfrentou e atravessou algumas das dcadas mais conturbadas da Histria Moderna de Portugal, sempre com destacada coragem e responsabilidade. Um homem que se bateu, incessantemente, pelo direito do acesso informao e pelo dever de bem informar, permanentemente fiel, desde a sua juventude, aos valores fundamentais da Democracia.

, entre outros cargos, Presidente do Grupo Impresa, Presidente do Conselho de Administrao da SIC e Presidente do Jri do prestigiado Prmio Pessoa.

este cidado, dono de um invulgar sentido de misso, que saudamos na noite da prxima 5 feira, dia 10 de Maro, no Auditrio Maria de Jesus Barroso da Casa das Histrias Paula Rego, pelas 21:00 horas.

 

 


 



Informaes: Gabinete de Comunicao do Bairro dos Museus 214 815 911 / 912  -  Fundao D. Lus I 214 815 660 / 665

 

 

 

Agenda

<<  Outubro 2020  >>
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
     1  2  3  4
  5  6  7  8  91011
12131415161718
19202122232425
262728293031